- História do Município
   
  - Fale com a Prefeitura

- Telefones regionais
   
  - Patrimônio Cultural

- Diário Eletrônico

- Contabilidade

- Decretos

- Portarias

- Documentos Públicos

- Legislação

- Licitações
   
  - Gabinete do Prefeito

- Secretarias

- Notícias

- Perguntas Freqüentes

- Mídias e Fotos
  NOTÍCIAS
     
  A SECRETARIA MUNICIPAL DE DESENVOLVIMENTO SOCIAL DE MARLIÉRIA CONVOCA TODOS BENEFICIÁRIOS DO PROGRAMA BOLSA FAMÍLIA PARA O RECADASTRO
23/03/2017
 
     
  Revisão Cadastral e Averiguação do Bolsa Família

O governo realiza anualmente o cruzamento de diversas bases de dados de renda dos brasileiros para saber se não existem irregularidades nas informações nos cadastros das famílias, como por exemplo, o cancelamento de CPF de membros do grupo familiar, aumentonão informado da renda familiar, mudança de endereço das famílias beneficiadas pelo Bolsa família, entre outros. Isso evita que usuários mal-intencionados recebam o benefício sem realmente ter direito, e permite o Governo Federal realizar a atualização das informações das famílias que recebem o benefício para distribuir melhor a renda.

Existem dois tipos de recadastramento que pode ser solicitado pelo Programa Bolsa Família: a Revisão Cadastral, que é o recadastramento exigido dos usuários que possuem informações conflitantes conforme as análises do Governo, e os usuários o qual é solicitada a Averiguação, que são os usuários que não possuem nenhuma irregularidade aparente, mas que são solicitados a atualizar as informações pois o cadastro está ficando velho.
Quando é preciso fazer o recadastramento Bolsa Família?
O Ministério do Desenvolvimento Social avisa os beneficiários do recadastramento do Bolsa Família de duas maneiras diferentes:

• Através de uma carta enviada ao endereço cadastrado pela família;
• Quando você fizer o saque do seu benefício, no comprovante de pagamento, se aparecerem as palavras “AVERIGUAÇÃO” ou “REVISÃO CADASTRAL”, significa que você precisa fazer o recadastramento no benefício.

Atualização Cadastro Bolsa Família – Confira sempre o extrato para verificar a necessidade de atualização do seu cadastro
Lembrando que o recadastramento é obrigatório, e deve ser feito o mais rápido possível. Caso os beneficiários recebam o aviso do recadastro, será necessário fazê-lo antes do mês seguinte, pois os pagamentos do bolsa família não são liberados até que o benefício esteja regularizado junto ao CadÚnico, portanto não deixe o seu bolsa família ser bloqueado.
Documentos para recadastrar o Bolsa Família

Sempre que for fazer o recadastramento do seu benefício, levo consigo os seguintes documentos para evitar de ter que comparecer mais de uma vez ao órgão de recadastramento:
• Documento de identificação de todos os membros da família cadastrados – CPF, RG, Carteira de Trabalho, Certidão de Nascimento ou Certidão de Casamento.
• CPF ou título de eleitor do membro da família no qual o cartão está no nome – no caso de famílias de origem indígena ou quilombola, pode ser qualquer tipo de documento de identificação.
• Uma conta de luz – ou outro comprovante de residência válido;
• Se você tiver crianças ou adolescentes que participem do seu grupo familiar, é necessário levar consigo o comprovante de matrícula de todas as crianças cadastradas;
• Também é necessário que você informe um número de telefone para que a secretaria de desenvolvimento social possa entrar em contato com você.
Basicamente você precisa levar todos os documentos que usou para fazer o Cadastro Único, mas se forem solicitados documentos adicionais para comprovar a sua situação socioeconômica, trate de providenciá-los o mais rápido possível para evitar perder a próxima parcela do seu benefício.